segunda-feira, 17 de maio de 2010

Vou beber umas doses de carisma
língua pra fora pra assustar essa mentira
que berra aos cantos mais longes dos meus olhos
E nua, faço parte dessa delícia de dor
que perdoa o destino desinformado por trair
meu seio anseia o pulso do coração
vou deixar meus cabelos desarrumados
pra essa parte do passado puxar, e eu gostar
Me lembrar de tudo que eu quero, nem que seja
Um beijo seu.

2 comentários:

Xandy Britto disse...

Boa! Mas acho que essa uma mulher escreveu e te deu. XB

gugupeixoto disse...

rsrs